Mais vacinas, menos fast news

No mundo das notícias rápidas, tingidas a vermelho e com carimbos de última hora,  os factos extraordinários acontecem ordinariamente todos os dias. A transformação digital do jornalismo favoreceu um sensacionalismo que utiliza todos os recursos para captar a atenção dos leitores e ligar os consumidores de notícias aos serviços que as produzem ou distribuem. Na... Continue Reading →

Investir na Saúde Mental

A saúde - definida como um estado de completo bem-estar físico, psíquico e social - é fortemente determinada por múltiplos fatores que incluem as condições económicas, o emprego, a estabilidade familiar, os hábitos e estilos de vida, a coesão social e a biologia de cada pessoa. A pandemia aumentou os níveis de stress e ansiedade,... Continue Reading →

Um longo ano

A contagem do tempo de forma linear ilude a sua relatividade. Passaram 365 dias desde que, esmagados por um vírus que se insinuava no país, encerrámos o Campus de Gualtar da Universidade do Minho e o pólo do ICBAS da Universidade do Porto. O anúncio fez-nos esbarrar com uma realidade de que, naquele momento, apenas... Continue Reading →

Jogos de azar

A situação pandémica que vivemos aumenta os comportamentos de risco, incluindo os relacionados com o consumo de álcool, drogas e jogo. Os problemas de jogo patológico afetam desporoprocionalmente as pessoas mais pobres e maginalizadas, contribuindo para adensar os seus problemas financeiros, degradar a sua saúde e reduzir a sua esperança média de vida. Sabendo-se que... Continue Reading →

Uma vacina contra o medo

Uma sondagem revelada ontem mostra que um terço dos portugueses não confia nas vacinas para a covid-19. Este dado é bastante revelador da importância da informação e do perigo da desinformação em saúde pública. As vacinas encontram-se entre os avanços mais valiosos da Humanidade, conjugando os aspetos relevantes de uma intervenção clínica: são altamente eficazes... Continue Reading →

Na verdade, eles mentem

Raquel Varela disse na RTP que o confinamento de Março não serviu para controlar o vírus e que a eficácia dos confinamentos não tem “base científica”. Porque não aceitamos a desinformação na televisão pública, impõe-se uma correção: vários estudos evidenciam a redução do número de pessoas que adquirem o vírus após medidas de confinamento. Podemos... Continue Reading →

Transformar a cidade para vencer a pandemia

Terminou ontem a primeira fase de combate à pandemia. Depois de um confinamento quase total que nos ajudou a (re)descobrir a capacidade de adaptação absolutamente extraordinária do ser humano, retomamos algumas atividades das nossas vidas embora com múltiplas limitações e precauções. As medidas drásticas que foram implementadas nesta primeira fase de combate à pandemia tiveram... Continue Reading →

A medicina científica contra a epidemia

A epidemia de coronavírus está a preocupar os governos e as pessoas de todo o mundo. Enquanto na Europa a doença ainda se encontra em fase de expansão, na China os dados parecem indicar que está a regredir significativamente. A “gripe espanhola” de 1918 infectou cerca de 500 milhões de pessoas e terá custado entre... Continue Reading →

WordPress.com.

EM CIMA ↑