Dos símbolos religiosos na esfera pública

A presença de símbolos religiosos na esfera pública, através daqueles que os reclamam como uma afirmação de identidade e de pertença a uma comunidade, está a dividir as sociedades. Assim se criam mais minorias e se destrói a ideia de que todos somos iguais. As nossas identidades religiosas e étnicas dividem-nos e isso afasta-nos cada vez mais do objectivo da construção de uma sociedade em que todos somos iguais. [Inna Shevchenko, Capazes]

Liberdade, machismo, religião e autoritarismo são conceitos que voltam a dominar o debate em torno do uso de símbolos religiosos e políticos na esfera pública. Parece-me que se perderá mais uma oportunidade para construir uma Europa mais livre, mais inclusiva e mais secular. E, no fim de tudo, continuaremos enclausurados na fortaleza das “nossas” tradições por oposição às tradições “deles”.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s